InícioOutrosRenato Aragão perde direito da marca "Didi" à empresa chinesa; esposa nega

Renato Aragão perde direito da marca “Didi” à empresa chinesa; esposa nega

Renato Aragão, 88 anos, perdeu o direito de usar a marca Didi para lançamentos de produtos e serviços. O humorista tinha a marca registrada há 60 anos, porém, agora, ela passou para a empresa Beijing Didi Infinity. As informações são do colunista Ricardo Feltrin, do Uol.

No entanto, a esposa de Renato Aragão, Lílian Aragão, negou a informação. Pelas redes sociais, ela postou uma notícia de que o artista estaria retornando à carreira de ator, com o musical O adorável trapalhão.

No site do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão responsável pelo registro de marcas e concessões de patentes, consta que o direito à marca Didi está de fato registrado para a empresa chinesa, com data de concessão de 12 de junho de 2018 a 12 de junho de 2028.

Carreira

Além do musical O adorável trapalhão, Renato Aragão também confirmou presença no filme Príncipe Lu e a Lenda do Dragão, junto com o youtuber Luccas Neto. A obra vai estrear no próximo ano. O artista também será retratado pelo ator Gero Camilo, no filme Mussum: O Filmis, que é uma cinebiografia de Antônio Carlos Bernardes Gomes, mais conhecido pelo personagem Mussum. O longa estreia em 2 de novembro.

Além Paraíba
céu limpo
29.1 ° C
29.1 °
29.1 °
71 %
0.6kmh
0 %
qua
28 °
qui
28 °
sex
27 °
sáb
26 °
dom
29 °
- Propaganda -spot_img

Nossos Programas

Viva Tarde 102
Show da Manhã
Oitentona
Tag 102
Atmosfera 102
Bom Dia Cidade
Pagodão do Marcão
Chá das 5
Amigos, Bom Dia
Rancho do Fióça
Salada Mista
- Propaganda -spot_img